Incêndio de grande proporção atinge reserva ambiental e chega ao 3º dia em Nova União, RO

Aproximadamente 2000 hectares já foram consumidos pelas chamas. Incêndio de grande proporção também atinge propriedades rurais.

Em 11/09/2018 04:31:00 na sessão Cidades

Aproximadamente 2000 hectares de área ambiental e de pastos foram queimados por um incêndio que começou no último sábado (8), em Nova União (RO), município distante aproximadamente 370 quilômetros de Porto Velho. Até o momento o incêndio não foi controlado. Vídeo mostra área degradada.

Segundo os moradores, as chamas começaram dentro de uma reserva ambiental, que fica localizada nos assentamentos Margarida Alves e Palmares, o vento forte e a vegetação seca contribuíram para que as chamas se alastrassem rapidamente pela mata e pelas propriedades rurais.

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar (PM), O incêndio já destruiu mais de 35 propriedades rurais e cerca de 30% da reserva, berço de importantes nascentes, a exemplo, do Rio Boa Vista que é responsável pelo abastecimento de água da cidade de Ouro Preto do Oeste (RO).

Propriedades rurais e área de preservação ambiental foram atingidas em Nova União (Foto: Gedeon Miranda/ G1)

Vários animais que sobrevivem na reserva estão morrendo queimados. Em uma propriedade rural, o produtor teve sua motocicleta totalmente consumida pelas chamas.

A situação é desesperadora para muitos produtores rurais, Moacir Lopes da Silva é um deles, o incêndio destruiu praticamente toda sua propriedade.

"Ver tudo que eu cuidei sendo queimado pelo fogo é desesperador, bate uma tristeza muito grande, o gado teve que ser retirado as pressas para não ser queimado", disse emocionado.

Ainda de acordo com o Moacir, o incêndio comprometeu em 100% a renda mensal da família.

"Nossa principal renda vem da produção leiteira, o que foi totalmente comprometida pelo incêndio. Pelos próximos dois meses mesmo sem a produção leiteira vamos lutar para reconstruir as cercas da propriedade e formar toda a pastagem", destacou.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de Nova União, várias ocorrências foram registradas pelos moradores relatando os prejuízos.

Segundo o coordenador substituto do Prev Fogo em Rondônia, Hélio Moreira, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), não foi acionado para controlar o fogo. Segundo a pasta a responsabilidade do chamamento é da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Fonte: G1



Por olharcidade3@gmail.com 11/09/2018 04:31:00

Mais notícias da sessão: Cidades