Indígena é preso após ser flagrado tentado votar em nome de terceiros em Guarantã do Norte

Com o mesmo foi localizado 70 títulos de eleitor e Registros Gerais (RG), de todos os membros da aldeia dele.

Em 07/10/2018 03:51:00 na sessão Cidades

Foto: Ilustrativa/Locais de votação

Um indígena foi preso na manhã deste domingo (07), cometendo crime eleitoral em Guarantã do Norte.

O indígena Makaiwa Kaiapó, da etnia Kaiapó, foi flagrado tentando votar em nome de terceiros.

Com o mesmo foi localizado 70 títulos de eleitor e Registros Gerais (RG), de todos os membros da aldeia dele. Ele alegou à polícia que votaria em nome de todos.

O suspeito foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

Olhar Cidade da Redação



Por olharcidade2@gmail.com 07/10/2018 03:51:00

Mais notícias da sessão: Cidades