PF cumpre mandados contra organização criminosa que extorquia prestadores de serviço

Os membros da organização criminosa estariam extorquindo prestadores de serviço para que eles pagassem propina no intuíto de continuarem no cargo.

Em 06/02/2019 11:25:00 na sessão Cidades

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta quarta-feira (06) a "Operação Blackmail", com o objetivo de reprimir esquema criminoso instalado no Distrito Sanitário de Saúde Indígena (DSEI) Xavante, localizado em Barra do Garças (520 quilômetros de Cuiabá). Ao todo, são cumpridos quatro mandados.

As ordens judiciais de busca e apreensão são cumpridas nas cidades mato-grossenses de Pontal do Araguaia e Barra do Garças. Os mandados foram expedidos pela Subseção Judiciária de Barra do Garças/MT.

Além dos mandados, a Justiça Federal também determinou a suspensão da função pública dos envolvidos, a proibição de ingressar na sede do DSEI e de manter contato com servidores e colaboradores que trabalham na sede do distrito. 

Os membros da organização criminosa estariam extorquindo prestadores de serviço para que eles pagassem propina no intuíto de continuarem no cargo. Além disto, quando não o faziam, ainda eram intimidados a pedir demissão.

São investigados os crimes de associação criminosa, concussão e extorsão, além de violação da Lei de Improbidade Administrativa. Os trabalhos ainda continuam.

Fonte: Olhar Direto



Por Olhar Cidade 06/02/2019 11:25:00

Mais notícias da sessão: Cidades