Ministro e presidente da Funai visitam obras de compensação a comunidades atingidas por Belo Monte no Pará

O general Carlos Santos Cruz disse que as ações devem continuar após a conclusão da usina hidrelétrica. Franklimberg de Freitas defendeu a importância da Funai.

Em 12/03/2019 10:15:00 na sessão Cidades

O ministro da Secretaria de Governo, General Carlos Alberto dos Santos Cruz, está em visita à região do Médio Xingu, no sudoeste do Pará, para acompanhar as obras de compensação aos indígenas atingidos pela instalação da hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira.

Acompanhado do presidente da Fundação do Índio (Funai), Franklimberg de Freitas, o ministro também reuniu com representantes da Norte Energia, responsável pelo empreendimento.

A jornalistas, o ministro disse que mesmo com as ponderações das comunidades e da prefeitura, as ações de compensação terão continuidade mesmo após a conclusão das obras de Belo Monte. Já o presidente da Funai afirmou que é extremamente importante a valorização do órgão no processo de atendimento às comunidades.

A comitiva chegou em um avião da Força Aérea Brasileira no aeroporto de Altamira, por volta das 9h. O ministro foi recebido por autoridades locais, escoltado por agentes da Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e do Exército. Nesta terça-feira (12), a comitiva deve visitar a Coordenação Regional da Funai, também em Altamira, para ouvir lideranças.

O general foi direto para uma área que fica a 6 km do centro da cidade, onde está em construção um bairro, com cerca de 150 casas, para indígenas que vivem na cidade e ribeirinhos. "Ainda não há data exata para a mudança, estão me dizendo que a previsão é no final do mês, porque as instalações novas já estão prontas e vale a pena visitá-las", disse.

A comitiva também passou pelo prédio onde deve funcionar a Casa de Saúde Indígena. A atual está superlotada.

"A impressão é que Altamira recebeu muitas obras por conta de Belo Monte, existem várias iniciativas, e iniciativas que vão continuar, tive oportunidade de visitar uma vila completamente novas, bem localizada, e esperamos que isso traga conforto para as famílias", afirmou o ministro.

Fonte: G1 Pará



Por Olhar Cidade 12/03/2019 10:15:00

Mais notícias da sessão: Cidades